Viajando sem filhos

Viajando sem filhos - Lua de Mel


Quando nos tornamos pais, decidimos viver 24 horas por dia em função da rotina dos nossos filhos, mas sabemos que ter um bebê muda tudo na vida do casal: o filho vira o foco da nossa casa, o sono é alterado (principalmente o da mamãe), a libido oscila e o tempo do casal fica em segundo plano.
Mas, o pai não é apenas pai e a mulher não é apenas mãe, portanto é muito interessante separarmos um tempo de qualidade e uma viagem a dois faz muito bem para o casal. E faremos isto nesta semana! Programei desde o inicio do ano uma viagem para comemorarmos 8 anos de casados.
Será nossa primeira viagem sem o Fefê e espero que possamos curtir muito, vamos poder dormir até tarde, tirar sonecas durante o dia, namorar, sair sem ter horário para voltar, freqüentar lugares que seria complicado com o Fefê, recarregar as baterias e melhorar a convivência da nossa família!
Não sabemos como será a ausência do Fefê em nossas vidas por 10 dias, mas já estamos vivendo um dilema a alguns meses: A mamãe Michelle esta se sentindo culpada de deixar nosso  filho, mesmo que por alguns dias. Não temos duvidas que nosso filho será bem cuidado, mas será que vai ficar nos chamando? E se ele chorar? Será que ele vai sentir nossa falta? Será que ele vai ficar doente? E claro que outras perguntas passarão em nossas cabeças.
Acredito que para nós homens, é mais tranqüilo, pois homem normalmente é a razão e mulher a emoção, mas temos que pensar positivo e acreditar que tudo vai ficar bem, que ele será bem cuidado e para que isso aconteça estamos organizando tudo para esse tempo que ficaremos longe do nosso bem mais precioso! 
Decidimos que o Fefê ficará na casa da vovó materna. Fizemos uma mala completa com as coisas dele e também deixaremos a chave de casa, para caso falte algo em sua mala.
Respeito os pais que não concordam em viajar e deixar seus filhos, mas na minha opinião este é um tempo importante para investirmos na nossa vida como casal e não acredito que por isso vamos ser péssimos pais para o Fefê.
Existe idade ideal para viajar sem filhos? Não sei, o Fefê esta com 2 anos e 8 meses, e estou confiante que dará tudo certo e ele ficará muito bem, mas esta decisão depende de cada família, pois cada um sabe de si.
Será um "sacrifício" ficar longe do Fefê, mas que valerá  a pena e voltaremos renovados como casal!
Quando voltarmos, faço um post contando como foi a viagem!
Abraços.

Marcelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram